Cultura chilena servida no dinner show “De Pablo a Violeta”

N°.20160404

Por: Luciano Palumbo

Vista interna da casa

Vista interna da casa

Os turistas que viajarem para Santiago têm a chance de mergulhar a fundo na cultura chilena com a estreia do dinner show “De Pablo a Violeta”. Semelhante aos eventos que acontecem nas casas de tango argentinas, este traz ao palco artistas que interpretam clássicos de Violeta Parra, textos do poeta Pablo Neruda e canções e danças folclóricas, ao mesmo tempo em que apresenta os pratos típicos do país em um jantar especial.

Com duração de três horas, das 20h30 às 23h30, o espetáculo é realizado diariamente (exceto na noite de Natal) e conta com uma programação repleta de atrações, em que os artistas são os anfitriões da noite e recebem os turistas como se fosse em suas casas. O local do evento é uma atração à parte: um antigo casarão patrimonial no coração do bairro artístico e boêmio Bellavista, que, por muitos anos, foi sede da Corporação La Morada (organização civil que teve um papel ativo na recuperação da democracia nacional). Após uma restauração, a casa foi adaptada para receber mais de 200 visitantes que buscam vivenciar uma experiência autenticamente chilena.

Na primeira parte do evento, os turistas circulam na área de coquetel, onde há um salão com paredes de adobe onde acontecem projeções de vídeos das três regiões do Chile (norte, centro e sul), além de um agradável pátio ao ar livre onde são assados cordeiros no espeto. Para dar início às apresentações artísticas, um dos anfitriões promove um brinde de boas vindas e recita um poema de Pablo Neruda, e em seguida um grupo musical interpreta canções de Violeta Parra, a mais famosa cantora do país, morta em 1967.

Ao longo da noite acontecem cinco números artísticos, sendo que dois são realizados na área de coquetel e três no teatro principal. Entre eles estão bailes de “cueca brava”, um número de dança típica mapuche (cultura indígena chilena), e uma apresentação da cultura Rapa Nui, da Ilha de Páscoa. Para encerrar a noite há a Confraria de Flautas Andinas, uma dança festiva feita em pares, típica do extremo norte do país, que promete agitar o público. Como um verdadeiro carnaval, os artistas se misturam aos visitantes e convidam todos a participar.

De Pablo a Violeta (11 De Pablo a Violeta (17

Entre um show e outro, são feitas pausas para que o público possa apreciar os pratos servidos, como cordeiro patagônico assado com batatas, centolla austral (caranguejo gigante) gratinada com parmesão e um leve caldo feito com o peixe Congrio, além de doces como o clássico “mote con huesillo” – uma bebida refrescante de caramelo, trigo cozido e descascado e pêssego -, pudim de leite e peras ao vinho tinto. A quantidade de bebidas é ilimitada, e todas estão incluídas no valor do dinner show.

Com direção artística assinada pelo ator chileno Daniel Muñoz, o espetáculo “De Pablo a Violeta” custa a partir de US$ 99. O pagamento só pode ser feito em dinheiro, mas há também a possibilidade de fechar pacotes com traslados a partir dos hotéis com as agências Turistik (www.turistik.cl) e Turistur (www.turistour.cl), que aceitam cartões como forma de pagamento, ou fazer a reserva do show com as agências de viagem do Brasil. Para mais informações, acesse o site www.depabloavioleta.com ou envie um email para patricia@depabloavioleta.com.

HRH Punta Cana Interna 1901
Avianca – Home

Assine nossa newsletter

Verifique os dados digitados no formulário